Terapia Ocupacional (Indisponível)

   O papel do Terapeuta Ocupacional (T.O.) é facilitar o desempenho funcional reduzindo as desvantagens proporcionadas por alterações do indivíduo ou do ambiente. O Conceito Neuroevolutivo Bobath preconiza promover o movimento mais próximo do normal, para minimizar as dificuldades ocupacionais presentes nas diferentes fases da vida. O diferencial de um Terapeuta Ocupacional com esta formação é o olhar apurado para avaliar o que está influenciando o movimento e como adaptar o mesmo.

   Na prática, o T.O. irá facilitar, promover, adaptar e incluir o indivíduo que apresentar alterações motoras, sensoriais ou cognitivas nas atividades de vida diárias, favorecendo a sua iteração e inclusão social. O foco principal é o desenvolvimento do membro superior com o auxílio do estímulo corporal global para potencializar o planeamento  a organização e a execução motora.

   A partir da compreensão das necessidades e dos deficits ocupacionais da criança e do adulto, a terapia ocupacional actua 

também na orientação aos pais e/ou cuidadores quanto ao desenvolvimento e estimulação da independência motora e cognitiva, através de actividades funcionais e da adaptação de recursos de tecnologia assistiva (como cadeiras de rodas, órteteses, computadores, software e muitos outros).
   Além disso, o T.O. assessora e presta consultoria às escolas, avaliando, orientando, treinando professores e adaptando meios físicos e cognitivos para o sucesso do processo de inclusão escolar.
Juntamente com o Fisioterapeuta e com o Terapeuta da Fala, o terapeuta ocupacional buscará a funcionalidade e independência.

 

Integração Sensorial

  Criada e fundamentada nos Estados Unidos pela Terapeuta Ocupacional americana Jean Ayres, a Integração Sensorial é a especialidade terapêutica que avalia, reabilita e adapta questões ambientais para pessoas que possuem alterações nos Sistemas Sensoriais.
   A princípio a terapia, conhecida por utilizar uma sala divertida como forma de tratamento, era realizada apenas para crianças com dificuldades de aprendizagem. Posteriormente, estudos mostraram que os mesmos problemas que essas crianças enfrentavam eram encontrados em pacientes com alterações neurológicos. Assim, a mesma base da terapia, com técnicas adaptadas, passou a ser utilizada para as crianças com disfunções neurológicas.
   As dificuldades para lidar com cheiros, sabores, sons, roupas, abraços, carinhos e movimentos, comumente encontrado nas crianças com Transtornos Invasivos do Desenvolvimento-Autismo, são dificuldades também da grande maioria das crianças com dificuldades Neurológicas e Cognitivas. É de suma importância uma avaliação específica de Integração Sensorial para perceber se as dificuldades são de fundo sensorial ou do desenvolvimento.
   Após uma minuciosa avaliação, o tratamento é realizado em sessões utilizando balanços, trampolim, cordas suspensas, tirolesas, entre outros recursos. O terapeuta deverá acoplar estimulos físicos e cognitivos para que todas as áreas de defazagem sejam estimuladas.

Assessoria a Inclusão Escolar


   Historicamente as crianças com deficiência eram encontradas apenas nas escolas dedicadas apenas para este público as chamadas Escolas Especiais. Fundadas por profissionais de saúde que agruparam os atendimentos clínicos necessários para a reabilitação dessas crianças foi inserido também as atividades pedagógicas adaptadas a capacidade intelectual de cada criança.
Com o passar do tempo percebeu-se que a necessidade de convivência e os benefícios cognitivos e sociais que essas crianças teriam ao estarem em contato direto com crianças sem alterações, fez o sistema educacional Brasileiro propor a Inclusão Escolar que preconiza o convívio de todas as crianças na mesma escola, dando o suporte para quem fizer necessário.
   As Escolas Regulares, por sua vez, não estão preparadas para receber e assistir devidamente a inclusão das crianças com deficiência. Frente a isto o Sistema de Ensino necessita de assessoramento buscando a eficácia do processo.

PT

+351 936 897140

+351 289 864 578

  • Facebook Round
  • Blogger Round
  • Google Square
  • YouTube Square